Válvulas biológicas

Fundo Caixa Verde

As válvulas cardíacas biológicas têm diversas origens: suína (porco), bovina (vaca) e homoplastias ou aloplastias (humano). A principal vantagem de uma válvula biológica em relação a uma válvula mecânica é o fato de que você não precisa tomar afinadores do sangue constantemente.

Fale Com Serafine, receptora de válvula biológica

Fale

Com Serafine, receptora de válvula biológica


Tecidos suínos e bovinos

As válvulas biológicas são feitas com tecidos de válvulas cardíacas suínas (porco) ou com tecido cardíaco bovino (vaca) porque eles funcionam como válvulas cardíacas humanas. Assim que é removido, o tecido animal passa por um tratamento químico para preservar o tecido e evitar reações imunológicas depois de sua implantação.

Homoplastias ou aloplastias

A homoplastia ou aloplastia envolve uma válvula humana obtida de um doador humano. Esse tipo de válvula é recomendado principalmente para mulheres grávidas e crianças porque não exige o tratamento em longo prazo com anticoagulantes. Além disso, ele fornece um desempenho hemodinâmico quase nativo. Os médicos usam o termo “hemodinâmico” para descrever o fluxo sanguíneo na válvula cardíaca. Como a disponibilidade dessas válvulas depende dos doadores, seu uso costuma ser limitado.

Vantagens das válvulas cardíacas biológicas

A principal vantagem de uma válvula biológica é o fato de que você não precisa tomar afinadores do sangue (medicamento anticoagulante) constantemente, a não ser que você tenha outra condição que precise desse tipo de medicamento.

As válvulas cardíacas biológicas da St. Jude Medical contam com dados de estudo e experiência clínica. Duas publicações independentes indicam a maior durabilidade com relação a válvulas da concorrência ao longo de 20 anos.1,2

O desempenho hemodinâmico da válvula afeta a qualidade de vida do paciente imediatamente após a implementação da válvula cardíaca e ao longo da vida. As válvulas biológicas com bom desempenho hemodinâmico permitem um fluxo sanguíneo ideal e, portanto, melhoram a eficiência e a atividade da válvula cardíaca.

Desvantagens das válvulas cardíacas biológicas

O principal problema das válvulas cardíacas biológicas é o fato de que elas não são tão duráveis quanto as válvulas mecânicas. Vários estudos clínicos indicam que as válvulas cardíacas biológicas podem durar de 8 a 20 anos, dependendo de sua posição. Como mostram esses estudos, as válvulas aórticas tendem a durar mais do que as válvulas mitrais. O tempo exato depende do tipo de válvula biológica, da idade do paciente, do estilo de vida, das exigências de medicamento e de outros fatores.

1Myken PS, Bech-Hansen, O. A 20-Year Experience with 1,712 Patients with the Biocor Porcine Bioprosthesis. J Thorac and Cardiovasc Surg, 2009.137:76-81.

2Eichinger WB. Twenty-year experience with the St. Jude Medical Biocor bioprosthesis in the aortic position. Ann Thor Surg;2008 Oct 86(4):1204-11.

ST. JUDE MEDICAL, o símbolo de nove quadrados e MORE CONTROL. LESS RISK. são marcas registradas e não registradas e marcas de serviço da St. Jude Medical, Inc. e das empresas relacionadas. ©2010 St. Jude Medical, Inc. Todos os direitos reservados.